Pages

segunda-feira, janeiro 04, 2010

Castelos de areia




São pequenas as coisas com que aprendemos muito: num dia de verão, eu estava na praia, espiando duas crianças na areia. Trabalhavam muito, construindo um castelo de areia molhada com torres, passarelas e passagens internas. Quando estavam perto do final do projeto, veio uma onda e destruiu tudo, reduzindo o castelo a um monte de areia e espuma.




Achei que as crianças iriam cair no choro, depois de tanto esforço e cuidado. Mas tive uma surpresa: em vez de chorar, elas correram para a praia, fugindo da água, rindo, de mãos dadas e começaram a construir outro castelo.



Compreendi que havia recebido ali uma importante lição: tudo em nossas vidas, todas as coisas que gastam tanto de nosso tempo e de nossa energia para construir, tudo é passageiro, tudo é feito de areia; o que permanece é só o relacionamento que temos com as outras pessoas. Mais cedo ou mais tarde, uma onda virá e destruirá ou apagará o que levamos tanto tempo para construir. E quando isso acontecer, somente aquele que tiver as mãos de outro alguém para segurar será capaz de rir e recomeçar.


(texto de autor desconhecido)

7 comentários:

Fatima disse...

"E quando isso acontecer, somente aquele que tiver as mãos de outro alguém para segurar será capaz de rir e recomeçar."
Muito lindo Edu!
Um ótimo ano para vc tb meu querido amigo.
Bjs.

Talvez Você Tropece nisso.... disse...

muito bom esse texto e verdadeiro, o que somos nós e nossas vidas se não o reflexo dos relacionamentos que construimos ao longo delas....somente o imensuravel perdura....o mensuravel de desfaz como o castelo de areia....bjos e um feliz ano novo fico feliz em começar o ano lendo um texto tão bom e reflexivo...

muito obrigada

Kimbanda disse...

Na vida é isso aí. Quando estamos atentos e de mente aberta, é surpreendente o que retiramos do meio que nos rodeia. As crianças são uma fonte inesgotável de ensinamento pela sua ingenuidade, franqueza e força para levantar de cada vez que se tropeça.
Um texto lindíssimo e que nos desperta a vontade de prosseguir em frente, haja o que houver!
Abraço e obrigado pela sua visita à minha cubata.

Diário de uma alma disse...

Oi Fátima,
Sempre é bom te "ver" por aqui.
Bjs

Oi Jo,
Falou e disse! Obrigado pela visita
Bjs

Olá Kimbanda,
Isso mesmo! E haja vida de lições neste nosso caminhar
Abraços


Edu

Lira disse...

Edu, obrigado pelo teu comentário...e volte sempre rsrs

Rogerio Queiroz disse...

Isso já me aconteceu e busquei por mãos amigas.

VOVÓ CRISTINA disse...

Olá Edu,

esse exemplo também é mostrado no livro A BRUXA - Roberto Lopes, conhece?

Tenho ele digital, se quiser posso encaminhar, é uma lição de vida, quem quiser tb pode me escrever que mando por e-mail: blogdavovo@hotmail.com

Até a próxima, parabéns pelo blog!!!

Te convido a conhecer o blog da vovó tb!!!FELIZ 2010!

Blog Widget by LinkWithin