Pages

domingo, julho 05, 2009

Filhos adolescentes e Pais aborrescentes


Desde que o mundo é mundo e a raça humana vive em estrutura familiar que o choque de gerações entre jovens e adultos, pais e filhos ocorrem.
Uma coisa natural, dizem, essa dificuldade que todos pais passam quando os filhos chegam à adolescência.
Afinal, nós adultos, já passamos por isso. Já tivemos nossos "ataques" hormonais e nos confrontamos com nossos "velhos".
Mas, quando estamos do outro lado deste "choque de gerações", ou seja, somos os pais, a coisa complica! Não há manuais, livros de auto-ajuda, psicólogos e outros pais que possam aconselharmos sobre o melhor caminho. O "enfrentamento" é certo! É só uma questão de tempo e hormônios...
Atualmente vivencio essa fase "terrível". A minha filha chegou aos seus 17 anos, neste ano, e de repente aquela "montanha nevada", calma, com aquela paisagem bonita que até foto merece, começou a abalar-se. Vieram os primeiro sinais, alguns abalos sísmicos e de uma noite pro dia, a montanha calma virou um furioso vulcão, atirando lava pra todos os lados.
Meus pés ficaram sem chão. O calor é intenso. O barulho infernal. Terremotos e maremotos por qualquer coisa. O vulcão acordou!
E, agora, ele quer o seu lugar ao sol. Quer conquistar o mundo, quer a independência, quer viver sozinho, quer a não cobrança. Quer, enfim, atazanar a vida dos pais! (hehehehe)
Onde está aquela minha filhota? Onde está a sua brandura? Onde ela ficou?
Agora tenho que dar uma de "Indiana Jones", bancar o velho aventureiro que foge das pedras incandescentes que a adolescência envia-me.
De cabelos negros para grisalhos em um piscar de olhos. E acho que de vasta cabeleira para tímida careca não demora muito.
Diálogo, diálago, diálogo. Esse bordão "içamitibista" já é praticado há tempos lá em casa. Resolve? Que nada! Os adolescentes vieram para quebrar regras e padrões.
Sexualidade, drogas, amizades, companhias, escola, profissão, futuro, música, vestimentas, liberdade, "ficar", moda, piercing, tatoo, blá blá, são assuntos que pululam a cabecinha de minha filha-mulher-bebê. (bebê por conta minha, afinal, para nós pais os filhos são bebês eternos).
O que fazer? Liberar?
Deixar que ela fuja de casa com um piercing em cada lado do rosto com um cigarro do capeta pendurado na orelha, de cabelo tingido e sem corte, ipod no ouvido a 100 decíbeis, tatuada na verilha para mostrar pra galera que é "irado" e dormir com seu mais atual ficante da semana só para experimentar a nova camisinha recém lançada, porque pensar em profissão e futuro é papo pra velho careta?
Vou virar vulcanólogo ou fóssil...

4 comentários:

Fatima disse...

Pois é amigo,
e a minha que vai fazer dez anos neste mês e já começa a deixar de ser a tal "montanha nevada" em alguns momentos?
Sabe, a sorte da minha mãe e pai é que fui "montanha nevada e florida" quase até casar(claro isto é o que eu penso. Vai perguntar pra ela.)
Mas como vc disse temos que estar preparados porque não existe manual não é mesmo?
Bjs e boa semana querido e lembre-se sempre: tudo passa, até uva.

Anônimo disse...

Olha, gostei viu?

comme des habitudes disse...

olá. me chamo leandro e por acaso vi seu blog navegando. achei super interessante. adoro auto conhecimento, indagações filosóficas, kant. hegel, bodin, foucault etc. o meu é um misto de história, filosofia e cultura geral. se quiser pode me seguir. abraços!

Cler .**.**.**.**.** disse...

hummm...tenho uma filha de 15 anos, e muitas vezes me pergunto o que é certo ou errado...outro dia ela veio me contar que a mãe de uma amiga dela, liberou o uso do anticoncepcional,em outras palavras liberou a prática do sexo, pois acha que já que tá namorando é impossível "evitar o inevitável"...Eu não penso assim! Penso pq vou facilitar?Incluindo anticoncepcional, assim estarei preparando o pisicológico dela pra isso...Já por outro lado, me pergunto, estou certa? Minha sobrinha causou o maior " reboliço " na família pq engravidou aos 16 anos do primeiro namorado...então, não sei mais como agir...não sei mais, o que é o certo ou errado! Help-me! rs
Tomei a liberdade e estou levando este seu texto, para compartilhar com meus leitores...qdo puder dê passadinha por lá, pra ver como ficou!
um gde abraço
^^

Blog Widget by LinkWithin