Pages

sexta-feira, novembro 27, 2009

Os passarinhos voam de nosso ninho


Essa na foto é a minha filha Ana Paula.
Hoje a levei para a sua última aula do ensino médio (antigo colegial). Ela passou todos os seus anos de vida estudantil nesta mesma escola.
Foi com um aperto no coração de pai que pensei que ela cresceu e ano que vem prepara-se para uma nova etapa (provavelmente longe de seus pais), a vida acadêmica.
Emocionado a deixei na porta da escola e vi que "meu passarinho" já está quase saindo de seu ninho, que foi criado com amor, carinho e dedicação. Mas, afinal, os filhos devem ser criados para voarem e se possível alto, mais do que os próprios pais.
E, exatamente amanhã, ela prestará o vestibular (concurso) para tentar ingressar na cadeira de medicina veterinária.
Amanhã já é o primeiro passo de uma nova etapa para ela.
A sensação é estranha, mistura de "vazio" e satisfação.
Voe filha!

4 comentários:

Fatima disse...

Linda sua filha!
Quando eu penso que daqui ha alguns anos eu vou estar passando pela mesma situação, me da um aperto no peito tb.
Bjs.

Andre Martin disse...

Sim...
Ave, bela ave!
Salve, linda moça!

Para nós, pais, nossos filhos serão sempre eternas crianças, não importa o quanto cresçam e se desenvolvam, tenham filhos, tornem-se avós.
Tanto que em francês enfants, em alemão kinder, em inglês kids ou children, são palavras empregadas designar filhos, mas também significando crianças, independentemente da idade deles.
Que sua querida filhinha, esta bonita mulher, tenha muito sucesso na vida e na carreira!

Não é fácil para as águias empurrarem os filhotes para fora do ninho para alçarem seus próprios vôos. Exige muita coragem, de ambos!
Parabéns!

Diário de uma alma disse...

Oi Fatima,
Conselho: aproveite muito enquanto esse momento não chegar.
Obrigado pelo elogio
Bjs
Edu

Diário de uma alma disse...

Olá Andre,
Difícil mesmo essa "arte" de ser pai (mãe). Os filhos serão, de fato, eternas crianças em nossos corações.
Crescem, amadurecem, voam, se vão e mesmo assim são nossos "bebês".
Obrigado pelos elogios
Abraços
Edu

Blog Widget by LinkWithin