Pages

terça-feira, novembro 24, 2009

O ciclo da vida


Criação, Manutenção e Destruição
Brahma, Vishnu e Shiva - A tríplice deidade hindu detentora de todo o poder gerado nos "ciclos" de vida.
Tudo passa por isso...
Nascimento, Apogeu e Morte
Incrível como não nos damos conta quando estamos na "crista da onda"! Tudo parece incrivelmente infinito.
Quando adolescentes não nos importamos com aposentadoria, velhice, saúde e morte.
Quando amamos e somos amados, achamos que a vida será eterna. Somos super-homens e super-mulheres. Mas...
Nossa vida é reciclável, o novo surge da morte e reaproveitamento do anterior.
Flores brotam do botão, embelezam e exalam e depois, mesmo trocando a água, a terra, elas murcham, secam, morrem.
Reflexão que me fez lembrar de outro texto de minha autoria "As flores de plástico não morrem...".
Tudo recicla-se, tudo modifica-se, tudo nasce e tudo morre, nesta terra de poeira, vento e transformação.
Há sempre frutos, que germinam das dores, das experiências, das vivências, da vida...
E quando a sensação de que tudo secou perdurar, há que se considerar que o próximo passo é a reciclagem, para um novo ciclo de vida.
Se você sente-se um "lixo", "seco" e desprezível, não se preocupe, algum "catador de papéis" o achará no meio de seus próprios escombros, te enviará para um novo ciclo de vida e você ressurgirá de si mesmo, de suas cinzas, feito a mitológica ave Fênix.

4 comentários:

Fatima disse...

Dias ruins meu amigo?
Estava com saudade de vc!
Bjs.

Diário de uma alma disse...

Dias ou noites ruins, mesclados com os bons dias e as excelentes noites. Nem muito e nem pouco, só na medida que merecemos.
Beijo
Edu

Andre Martin disse...

hehehe...
Minha "catadora de papéis" está demorando para me achar! rsrsrs

Sobre a harmonia equilibrada entre B+V+S, escrevi algo no meu antigo blog sobre Reflexões e Relatos de Viagem e Reflexões (http://wwwb.click21.mypage.com.br/MyBlog/visualiza_blog.asp?inframe=T&site=mesdre.myblog.com.br&primdata=20071004).

Diário de uma alma disse...

Olá Andre,
Muito interessante o seu relato de viagem.
Tenho um amigo indiano que mostra outros valores sobre a vida.
Ocidentais custam a compreender isso
Abrços
Edu

Blog Widget by LinkWithin