Pages

segunda-feira, novembro 02, 2009

Reentrada


Estou voltando à blogagem, depois de uma necessária ausência, decorrente de minha segunda volta do México.
Incrível como a vida da gente "trava" por estar longe de casa e um montão de pendências ficaram para serem resolvidas.
A "volta" é sempre um choque da "nave" e da atmosfera. O atrito é natural.
A minha segunda volta ao Brasil não foi das melhores. A companhia aérea mexicana que voltei é uma verdadeira empresa que desrespeita os clientes. Duas horas de atraso com duas desculpas esfarrapadas. A primeira é que demoraram no abastecimento da aeronave. A segunda é porque as bagagens estavam "desbalanceadas" e causavam desequilíbrio no avião. Será que não sabem que antecipadamente precisam encher os tanques para uma viagem de mais de 7000 km? Será que não sabem "balancear" as malas? Incompetência e desrespeito.
Bem, mas já estou no solo brasileiro fazem dias.

6 comentários:

Fatima disse...

Ave Maria!
Achei que vc não voltava mais!
E a lembrancinha?
Nem lembrou né!
Deixa ocê Edu!
Bjs.

ESPIRITUALIDADE disse...

Oi,EDU! seja bem vindo a blogagem...
Paz e Luz pra você! Namastê!

Cris França disse...

seja bem vindo meu amigo! faz nos feliz por ler-te novamente

Eliene Dantas disse...

Que bom que está de volta caríssimo!Fez muita falta aqui nesse mundo virtual.
Bj de FERA procê moço!

Diário de uma alma disse...

Oi Fatima,
Minha querida, a vontade de voltar era tão grande que esqueci das lembranças. Rsss

Oi Rita,
Obrigado. Paz e luz para ti também.
Namastê!

Oi Cris,
Obrigado.

Oi Fera,
Obrigado

Obrigado a todos. É bom sentir as boas-vindas.


Bjs
Edu

Andre Martin disse...

Welcome on board!

Bem vindo de volta à terrinha! rsss

Toda volta, por mais tribulenta e tumultuosa que seja, sempre traz sensação de conforto quando se realmente chega. E chega!

Dá um desconto pras desculpas. Sempre viajei muito e aprendi a relaxar e não me estressar com os "incidentes" de atrasos. Melhor atrasado do que nunca chegar! Sempre penso que a demora pode estar nos salvando de uma precipitação desastrosa.

Além disto, qualquer demora é muito mais rápido do que há nem tantas décadas atrás...
Da próxima vez, experimente voltar de navio ou de ônibus; daí garanto que nunca mais vai reclamar das demoras do ritual aéreo! rsss

Blog Widget by LinkWithin