Pages

segunda-feira, novembro 02, 2009

Reentrada


Estou voltando à blogagem, depois de uma necessária ausência, decorrente de minha segunda volta do México.
Incrível como a vida da gente "trava" por estar longe de casa e um montão de pendências ficaram para serem resolvidas.
A "volta" é sempre um choque da "nave" e da atmosfera. O atrito é natural.
A minha segunda volta ao Brasil não foi das melhores. A companhia aérea mexicana que voltei é uma verdadeira empresa que desrespeita os clientes. Duas horas de atraso com duas desculpas esfarrapadas. A primeira é que demoraram no abastecimento da aeronave. A segunda é porque as bagagens estavam "desbalanceadas" e causavam desequilíbrio no avião. Será que não sabem que antecipadamente precisam encher os tanques para uma viagem de mais de 7000 km? Será que não sabem "balancear" as malas? Incompetência e desrespeito.
Bem, mas já estou no solo brasileiro fazem dias.

6 comentários:

Anônimo disse...

Ave Maria!
Achei que vc não voltava mais!
E a lembrancinha?
Nem lembrou né!
Deixa ocê Edu!
Bjs.

ESPIRITUALIDADE disse...

Oi,EDU! seja bem vindo a blogagem...
Paz e Luz pra você! Namastê!

Cris França disse...

seja bem vindo meu amigo! faz nos feliz por ler-te novamente

Anônimo disse...

Que bom que está de volta caríssimo!Fez muita falta aqui nesse mundo virtual.
Bj de FERA procê moço!

Diário de uma alma disse...

Oi Fatima,
Minha querida, a vontade de voltar era tão grande que esqueci das lembranças. Rsss

Oi Rita,
Obrigado. Paz e luz para ti também.
Namastê!

Oi Cris,
Obrigado.

Oi Fera,
Obrigado

Obrigado a todos. É bom sentir as boas-vindas.


Bjs
Edu

Andre Martin disse...

Welcome on board!

Bem vindo de volta à terrinha! rsss

Toda volta, por mais tribulenta e tumultuosa que seja, sempre traz sensação de conforto quando se realmente chega. E chega!

Dá um desconto pras desculpas. Sempre viajei muito e aprendi a relaxar e não me estressar com os "incidentes" de atrasos. Melhor atrasado do que nunca chegar! Sempre penso que a demora pode estar nos salvando de uma precipitação desastrosa.

Além disto, qualquer demora é muito mais rápido do que há nem tantas décadas atrás...
Da próxima vez, experimente voltar de navio ou de ônibus; daí garanto que nunca mais vai reclamar das demoras do ritual aéreo! rsss

Blog Widget by LinkWithin